Blog

/

Leve o verde para dentro da sua casa com um jardim vertical

Na procura por mais contanto com o verde, cada vez mais escasso e longe do nosso dia a dia, as pessoas tem procurado por alternativas interessantes de cultivo de plantas em lugares pequenos, como dentro cômodos em apartamentos e pequenas varandas.

Uma solução que está em alta são os jardins verticais. Além de ocuparem pouco espaço ainda são ótimas formas de decoração, podendo ser coloridos, compostos de uma grande variedade de flores, ou mesmo um ponto totalmente verde no meio da casa. O mais interessante em jardins verticais é a possibilidade de brincar com texturas e tons, misturados em uma mesma parede.

É possível montar um jardim vertical em qualquer lugar da casa, só é preciso prestar atenção às condições de luz e ventilação dele e escolher as plantas que melhor se adequem ao que o ambiente oferece. Algumas precisam de meia luz para se desenvolver bem, outras tem mais resistência e podem ficar direto ao sol, outras ainda não resistem bem ao vento.

Quando for compor o seu jardim, procure colocar próximas plantas que precisam dos mesmos cuidados e tenham as mesmas necessidades.

Tipos de plantas para jardim vertical

Na hora de escolher as plantas que vão compor seu jardim vertical, além pensar no ambiente e nas que você vai gosta, é preciso pensar também no seu tempo disponível para o cuidado com elas. Caso não disponha de muito tempo, opte por plantas que não exijam muito, como as suculentas.

Plantas de grande porte não são muito indicadas, já que a estrutura desses jardins costuma não aguentar muito peso, e elas requerem mais espaço do que as de pequeno porte. Plantas que crescem verticalmente como samambaias, jiboias e barba de serpente são ótimas opções por deixarem o visual ainda mais bonito.

Confira na lista abaixo quais são as espécies mais utilizadas em jardins verticais:

- Plantas que precisam de sol direto

Brilhantina (Pilea microphylla)

Clorofito (Chlorophytum comosum)

Hera-inglesa (Hedera helix)

Jibóia (Epipremnum pinnatum)

Orquídea-grapete (Spathoglottis unguiculata)

Trapoeraba-roxa (Tradescantia pallida purpúrea)

- Plantas de sombra e meia-sombra

Antúrio (Anthurium andraeanum)

Asplênio (Asplenium nidus)

Barba-de-sepente (Ophiopogon jaburan)

Bromélia (Guzmania sp)

Chifre-de-veado (Platycerium bifurcatum)

Dedo-de-moça (Sedum morganianum)

Dinheiro-em-penca (Callisia repens)

Flor-batom (Aeschynanthus radicans)

Flor-de-maio (Schlumbergera truncata)

Peperômia (Peperômia scandens)

Renda-portuguesa (Davalia fejeensis)

Samambaia (Nephrolepis exaltata)

Singônio (Syngonium angustatum)

Como montar seu jardim

O jardim vertical pode ser montado com diferentes estruturas como suportes de bambu, pallets ou mesmo de plástico. Podem ser montados diretamente na parede ou ainda ficarem suspensos como os de canos de PVC.

 

Jardins com treliça de madeira

As treliças de madeira são ótimas para deixar as plantas brilharem e podem ser compradas prontas

 

 

Vasinhos coloridos

Os vasinhos podem ser o grande diferencial do seu jardim vertical.

 

 

 

Pallets

Na madeira dão um tom mais rústico ao ambiente, mas podem ser pintados de cores vibrantes e animar qualquer ambiente

 

 

Xaxim de palmeira

Para dar uma pegada ainda mais verde, usar xaxins confere um resultado muito interessante.

 

 

Moldura de madeira

Podem ser feitas em qualquer desenho para emoldurar suas plantas.

 

 

Latinhas recicladas

Uma composição de latinhas coloridas na parede fica lindo como jardim vertical

 

 

Garrafas pet

Fácil, barato e ecológico, a reutilização de garradas pet são uma ótima opção

 

 

Vasinhos de plástico

Vasinhos encontrados em qualquer loja de plantas bem dispostos podem ficar muito charmosos

Com todas essas dicas e inspirações ficou muito mais fácil pensar em um cantinho ai na sua cassa para criar seu próprio jardim vertical, não é?!

Saiba também como ter sua própria horta de temperos.