• Home
  • Notícias / Rússia defende extensão no acordo de corte na produção da Opep

Rússia defende extensão no acordo de corte na produção da Opep

http://gerencieme.sejamaior.com.br/Content/imgNoticias/Biosolvit-Novo/7042ca_2016-11-22t102136z_1020676676_s1aeuogyeyaa_rtrmadp_3_opec-meeting-e1479812189469.jpg

Rússia defende extensão no acordo de corte na produção da Opep

Viena – O ministro de Energia da Rússia, Alexander Novak, afirmou que um acordo liderado pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) para cortar a produção de óleo cru deve ser estendido quando expirar no fim de março, embora ele tenha recusado a dizer por quanto tempo.

Os comentários de Novak vieram em um aparente impasse entre a Rússia e a Arábia Saudita, os dois maiores produtores de petróleo do mundo, sobre a extensão do pacto por seis ou por nove meses. Os sauditas desejam uma maior extensão do acordo até o fim do próximo ano, mas enfrenta um possível bloqueio dos russos a esse prazo.

Falando a repórteres após uma reunião preliminar entre os ministros da Opep e de outras nações produtoras que participam do acordo, Novak afirmou, apenas, que as diferentes opções para uma extensão estavam sendo discutidas e que “mais precisa ser feito” após 1º de abril.

O ministro de Petróleo do Kuwait, Issam Abdulmohsen Almarzoo, comentou, separadamente, que os participantes do acordo estavam considerando uma extensão de seis ou de nove meses.

O comitê da Opep também discutiu a opção de uma prorrogação nos cortes na produção por nove meses, que seria revista após os primeiros três meses, de acordo com pessoas familiarizadas com o assunto. Uma decisão é esperada nesta quinta-feira.

Fonte: Dow Jones Newswires.