• Home
  • blog / Vazamentos de petróleo: Saiba como conter acidentes com derramamento de óleos

Vazamentos de petróleo: Saiba como conter acidentes com derramamento de óleos

http://gerencieme.sejamaior.com.br/Content/imgNoticias/Biosolvit-Novo/0892bf_Contencaodepetroleo.jpg

Vazamentos de petróleo: Saiba como conter acidentes com derramamento de óleos

Apesar de ser uma das principais fontes de energia da atualidade, responsável pelo desenvolvimento de países e economias, além de base para muitas comodidades da vida moderna, o petróleo possui também um lado negativo: é extremamente nocivo ao meio ambiente, e vazamentos da substância podem fazer um enorme estrago.

Em todo o ciclo de produção do petróleo, desde sua extração, até o momento do consumo, existem sérios riscos às pessoas e ao meio ambiente, principalmente quando retirado de grandes profundidades em mar aberto.

Quando qualquer erro acontece e gera um derramamento de petróleo no mar, são necessárias ações planejadas e imediatas, para garantir que o impacto negativo seja o menor possível para toda a fauna, flora e seres humanos próximos ao local.

O primeiro passo, nesses casos, é a contenção do vazamento, evitando que ele se espalhe pelas águas, levando prejuízos para qualquer tipo de vida que encontre pelo caminho. Hoje vamos saber mais sobre como é feita e quais tipos de contenção podem ser utilizadas.

Plano de ação de emergência

 O plano de ação de emergência, ou PAE, é um esquema incluído nas ações de gestão ambiental que qualquer empresa que trabalhe com esse risco é obrigada a ter. Nele estào inseridas todas as definições de responsabilidade e ações a serem tomadas para neutralizar ou minimizar as consequências de acidentes.

É um conjunto de orientações para procedimentos previamente analisados, com descrição de quem é responsável por cada etapa e como elas serão realizadas. Se quiser saber mais sobre o PAE, falamos dele com mais detalhes nesse post.

Parte fundamental desse plano é o estoque do kit de emergência. Nele são armazenados itens utilizados para a contenção e a absorção de um possível vazamento de petróleo ou substâncias derivadas dele.

Para  montar um kit de emergência, é importante realizar estudos e previsões sobre um possível acidente, a extensão que ele pode alcançar e suas possíveis consequências. Ter esses itens guardados em local de fácil acesso e bem sinalizados quanto suas utilidades, ajuda na agilidade de respostas e na redução das implicações de um vazamento.

Eles podem contar com materiais de absorção e barreiras de contenção no modelo e tamanhos adequados para sua aplicação. Treinar sua equipe sobre como utiliza-los em momentos críticos também é essencial para garantir uma reação imediata.

A contenção

Quando ocorre um derramamento de óleo no mar, o vento, as ondas e o movimento das águas podem espalhar essa substância em minutos. Por isso, a primeira ação a ser tomada é a contenção física da mancha, tanto perto do vazamento quanto ao longo da sua trajetória estimada, protegendo áreas vulneráveis e evitando que ela seja levada para outros lugares, o que poderia tornar o desastre ainda maior.

Tipos de contenção

Atualmente existe uma grande variedade de modelos, formas, tamanhos e materiais para essas barreiras. Elas podem ser feitas sob medida para a sua empresa, considerando os cálculos feitos para o seu plano de ação de emergência. Vamos conhecer algumas das maneiras de utilizar as barreiras de contenção:

- Contenção e concentração

Esse tipo de barreira pode ser feito na configuração mais adequada ao tamanho e localização da mancha, sendo comum serem feitas em U, V ou em J. Contam com a ajuda de uma ou mais embarcações com o intuito de conter e concentrar em apenas um ponto o óleo a ser recolhido ou absorvido.

- Desvio de manchas

As barreiras de desvio geralmente são utilizadas em locais de preservação ou próximos ao convívio de pessoas como rios ou linhas de praia. Elas são utilizadas para conduzir a mancha de petróleo ou derivados, para locais mais adequados para a absorção.

- Proteção

As barreiras de proteção podem ser ao mesmo tempo de contenção e de absorção e são posicionadas estrategicamente para defender áreas que não podem ser afetadas por contaminação e possuemimportância ambiental, social ou econômica prioritárias, como pontos de captação de água para abastecimentos, tanques de aquicultura, marinas, portos e áreas de concentração de animais silvestres.

- Prevenção

As barreiras de prevenção são colocadas preventivamente em locais de alto risco, como ao redor de embarcações e plataformas em atividade de carga, descarga e manutenção e em ambientes portuários.

Aposte na prevenção

Enfrentar problemas com vazamentos de petróleo e seus derivados traz uma série de prejuízos para o meio ambiente, para as pessoas e também para a empresa responsável. A melhor forma de não ter que lidar com esse tipo de situação é a prevenção.

Monte de forma consciente seus planos de gestão ambiental, faça periodicamente o acompanhamento dos equipamentos envolvidos e monte um kit de emergência que possa ser usado a qualquer momento para otimizar a contenção de qualquer vazamento que venha a ocorrer.